Muito tem se falado do Pantanal enquanto bioma, mas no Pantanal tem gente e essa gente possui uma riqueza de conhecimentos ancestrais que precisa ser documentada e valorizada.

Denise Silva
Pós-doutora em Linguística e Língua Portuguesa pela UNESP/Araraquara e desenvolve pesquisas com as Línguas Indígenas Brasileiras, em especial com as língua Terena, falada em MS. A pesquisadora atua também como empreendedora social desenvolvendo projetos de salvaguarda do patrimônio cultural material e imaterial das comunidades tradicionais do Pantanal Sul (indígenas, ribeirinhos e assentados). Como presidente do Instituto de Pesquisa da Diversidade Intercultural, o IPEDI, a professora tem formado empreendedores locais para atuarem como lideranças em projetos de inovação social. Denise acredita que todos podem colaborar com a construção de um mundo melhor e usa como mantra a frase do Galeano “muitas pessoas pequenas, em lugares pequenos, fazendo coisas pequenas, podem mudar o mundo”.

Share
Acesso de Usuário